Notícia - Todas
12/12/2017 - 23:45

Inter e São Paulo são os primeiros semifinalistas da II Copa Internacional Ipiranga Sub-20

A equipe Júnior do Internacional bateu o Atlético-MG por 3 a 2 na noite desta terça-feira, em jogo válido pelas quartas de final da Copa Internacional Ipiranga Sub-20, disputado no Campo do SESC em Porto Alegre. Edson Guilherme e Richard (2x) marcaram os gols do Inter na partida. Mais cedo, o São Paulo venceu o Bahia por 3 a 0, com gols de Bissoli, Walce e Igor Gomes. Nas semifinais, o Tricolor Paulista aguarda o vencedor de Huracán e Nacional, enquanto o Colorado encara o vencedor do confronto entre Palmeiras e Juventude. As partidas serão a próxima sexta-feira, dia 15 de dezembro, às 19h15 e às 21h30, no Estádio Universitário da PUCRS, em Porto Alegre.

Atlético-MG 2 x 3 Internacional

 

O técnico Fabio Matias mandou a campo os seguintes jogadores: Carlos Miguel, Weverton (Leandro Cordova), Bruno Fuchs, Alan e Vinicius Tsumita; Cássio (Ian Carlo), Juliano (Yuri) e Brenner (Denis); Netto, Edson Guilherme (Gabriel Poveda) e Richard (Richard).

A equipe mineira começou melhor na partida. Aos 9 minutos, Daniel recebeu livre na área, chutou e Carlos Miguel segurou firme. Aos 13, Welinton bateu cruzado e a bola passou perto do gol. O Colorado respondeu no lance seguinte. Weverton cobrou falta da direita, Alan cabeceou e Fernando fez grande defesa. Até que aos 21, após cobrança de escanteio, Edson Guilherme subiu mais alto que a defesa e cabeceou para o fundo da rede.

A partir daí, o Inter cresceu no duelo e passou a assustar o adversário. Aos 28 minutos, Brenner arriscou de longe e mandou na rede pelo lado de fora, quase marcando o segundo. Mas aos 35, Richard desarmou o zagueiro adversário, invadiu a área e tocou na saída de Fernando para anotar mais um.

Na segunda etapa, o Atlético-MG voltou disposto a correr atrás do prejuízo. Aos 6 minutos, após cobrança de falta, os mineiros descontaram o placar. Aos 10, o Galo quase empatou, contudo, Carlos Miguel defendeu a finalização de Welinton. O Celeiro de Ases voltou a atacar e aos 14 minutos, Brenner foi derrubado na área. Pênalti. Richard cobrou e converteu. O Atlético-MG não desistiu e aos 27, Marco Tulio diminuiu o revés. A equipe de Minas pressionou em busca do empate, todavia o Inter resistiu e saiu de campo com a vitória e a classificação.

São Paulo 3 x 0 Bahia


Foto: Renata Lutfi/SPFC

O técnico André Jardine optou por repetir a escalação das vitórias diante do Argentino Jrs e também do Internacional, trocando apenas Caio por Tuta. Com isso, o Tricolor foi a campo com Júnior; Tuta, Walce, Rodrigo e Liziero; Cássio, Luan, Gabriel Sara, Igor Gomes, Bissoli e Caíque.

O jogo começou bastante corrido, mas com poucas oportunidades, até que, aos 9 minutos, em bom levantamento de Caíque, pela direita, Bissoli colocou a bola no fundo da rede de cabeça, 1 a 0. As chances não eram claras de gol para nenhum dos lados, apesar do volume maior de jogo do Tricolor. O segundo gol saiu apenas aos 42 minutos, de bola parada. Não tão perto da área, Walce cobrou com precisão, no ângulo, 2 a 0.

Para o segundo tempo, o Tricolor voltou igual, mas ainda mais agressivo taticamente no ataque. Antes dos 5 minutos, em grande jogada de Caíque pela direita, Igor Gomes fez 3 a 0. No lance seguinte, novamente com Caíque, a bola foi passando de pé em pé, até que Luan chutasse, mas o goleiro defendeu. Aos 8 minutos, falta na entrada da área, Igor Gomes bateu bem na bola, mas o goleiro buscou.

Aos 22 minutos, André Jardine optou pelas duas primeiras substituições. Entraram Rafael e Toró, saindo Cássio e Bissoli. Júnior, quando acionado, aparecia bem no gol. Depois, aos 33 minutos, saíram Liziero e Caíque, entrando Bruno Dip e Gabriel Novaes. Frizzo e Antony fecharam as substituições, saindo os autores dos gols, Igor Gomes e Gabriel Sara.

Fone: (51) 3214-6000