Notícia - Todas
04/12/2018 - 09:09
Cruzeiro surpreende São Paulo e empate entre Nacional e Independiente na PUCRS

Apresentando um futebol técnico e também de muita aplicação, o Cruzeiro bateu o São Paulo por 3 a 2 num grande jogo no estádio universitário do Parque Esportivo da PUCRS e conquistou a primeira vitória na Copa Internacional Ipiranga Sub 20. Na partida que antecedeu, Nacional e Independiente ficaram no 0 a 0 no estádio universitário do Parque Esportivo da PUCRS. 

Agora São Paulo, Flamengo e Cruzeiro somam 3 pontos na tabela, enquanto Independiente e Nacional têm 1 ponto. Na quarta, dia 5, Independiente e Cruzeiro se enfrentam às 16h na PUCRS e, na sequência, São Paulo e Flamengo vão a campo. O Nacional folga na 3ª rodada, voltando a campo no dia 7.

 

Nacional 0x0 Independiente

Numa partida de muita disputa e poucas situações de gol, Nacional e Independiente ficaram no 0 a 0 no estádio universitário do Parque Esportivo da PUCRS. Jogo válido pela 2ª rodada do Grupo B da Copa Internacional Ipiranga Sub 20.

Foi a estreia dos argentinos e a oportunidade dos uruguaios somar seu primeiro ponto após a derrota na primeira rodada para o São Paulo.

Ficha técnica do jogo:

Nacional: Buffa, Sanseviero, Parada (Chocho), Chucky, Silvera; Emi Martinez, Romero, Trezza (Tavo), Alfaro (Paragua), Santi Rodriguez e Vecino (Uran). Técnico Tabaré Alonso

Independiente: Navarro Montoya; Lando, Perea, Barreto e Mayor Lupo; Gonzalez Martinez, Chaves, Soñora (Campuzano), Martinez, Molina e Velazco Flores (Abadie). Técnico: Fernando Beron

Árbitro: Marcelo Cavalheiro, auxiliado por Artur Birk Preissler e Guilherme Moreira Alves. 4º árbitro: Fábio Souza de Souza.

Mais fotos da partida em: https://flic.kr/s/aHskNmpXBE

 

Cruzeiro 3x2 São Paulo

A derrota no apagar das luzes para o Flamengo na estreia não foi bem aceita pelo Cruzeiro e isto foi possível perceber pela exibição no primeiro tempo diante do São Paulo, no fim de tarde de segunda, 03 de dezembro, no estádio da PUCRS. 

Os jogadores cruzeirenses começaram a partida pressionando, a todo tempo, o miolo de zaga do São Paulo, que insistia em sair jogando. Em algumas oportunidades a defesa paulista se safou, contudo, aos 22 minutos, o centroavante Leonardo ganhou a bola dentro da área rival e finalizou para o fundo das redes, abrindo o placar.


Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

À frente no marcador, a Raposa seguiu muito segura em campo e se mostrava perigosíssima nos contra-ataques. O segundo gol cruzeirense acabou saindo numa bela jogada individual, aos 41 minutos. O atacante Laércio partiu para cima da defesa e encontrou espaço para emendar um belo chute, que bateu na trave antes de entrar. 

Precisando reagir, o time de Cotia voltou do intervalo disposto a aparecer no ataque, criando diversas oportunidades.  Aos 13 minutos, a insistência valeu. Após cobrança de falta pela direita, o goleiro cruzeirense rebateu e Gabriel Novaes balançou a rede, 2 a 1. O Tricolor cresceu no jogo, chegando mais três vezes bem ao ataque.

O técnico Ricardo Resende da Raposa então começou a renovar o fôlego da equipe com substituições, o que fez o time cruzeirense voltar a equilibrar o jogo e retomar a força na marcação.E foi com um dos suplentes que o Cruzeiro ganhou nova folga no placar. Após lançamento, Vinícius Popó ganhou da defesa no corpo e fez belo giro, sendo tocado dentro da área. Pênalti. Na cobrança, o centroavante celeste foi competente e fez o terceiro gol celeste aos 30 minutos.


Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Arriscando para tentar o empate ao menos, aos 38 minutos, saiu Rodrigo Nestor para a entrada de Vitinho. Aos 40, em lindo lançamento de Gabriel Sara, Gabriel Novaes escorou para Fabinho diminuir. Apesar das tentativas, o empate não veio. Vitória do Cruzeiro mostrando as credenciais do time azul e branco como forte candidato na conquista da competição.

Ficha técnica:

Cruzeiro: Gabriel Brazão; Luiz Gustavo (Edu), Gustavo Rissi, Jonathan Monteiro e Rafael Santos (Guilherme Liberato); Rômulo, Adriano, Laércio (Caio), Michel (Matheus Pereira) e Marcelo (Vinícius Popó); Leonardo (Maurício). Técnico: Ricardo Resende.

São Paulo: Thiago Couto, Marcos Jr, Morato, Fasson e Danilo (Welington); Diego, Rafael (Gabriel Novaes), R. Nestor (Vitinho), Gabriel Sara, Jonas Toró e Fabinho. Técnico: Orlando Ribeiro.

Árbitro: Eleno Todeschini, auxiliado por André Bitencourt e Teilor Thomas da Silva. 4º árbitro: Marcelo Domingues Neto.

Mais fotos do jogo em: https://flic.kr/s/aHsms297BE

PATROCINADORES

Telefone: (51) 3214-6000

Telefone: (51) 3214-6000