Notícia - Todas
08/03/2018 - 18:14
FGF recebe reunião de divulgação do Árbitro de Vídeo

Aconteceu na tarde desta quinta-feira, 08, na Federação Gaúcha de Futebol uma reunião de divulgação entre a FGF, a Comissão Estadual de Árbitros de Futebol (CEAF/RS) e a Escola Nacional de Arbitragem de Futebol da Confederação Brasileira de Futebol para divulgação dos objetivos, conteúdo, alcance e limites da utilização do árbitro de vídeo.

Estavam presentes no encontro pela ENAF/CBF o líder do projeto de implantação do projeto de árbitro de vídeo Sérgio Corrêa, o instrutor de arbitragem e diretor técnico responsável  do projeto de árbitro de vídeo Manoel Serapião, o secretário-executivo da ENAF Cláudio Freitas, o presidente da CEAF/RS Luiz Fernando Gomes Moreira, o 1º Vice-Presidente da FGF Luciano Hocsman, o 2º Vice-Presidente da FGF Nilo Job, além de demais integrantes da Comissão Estadual de Árbitros de Futebol e assessoria da CBF.

Os membros das Comissões de Arbitragem da CBF e FGF nesta sexta-feira, dia 09, às 15h45 horas realizam no Auditório da FGF uma apresentação para a imprensa sobre  a utilização do AV (árbitro assistente de vídeo) e sua utilização no GRENAL do dia 11 de março.

 

IFAB aprova uso do árbitro de vídeo

O International Football Association Board (IFAB), órgão que trata das regras do futebol, aprovou por unanimidade o uso de árbitros assistentes de vídeo (VARs), na sua 132ª Reunião Geral Anual (AGM), realizada em Zurique. O evento histórico foi liderado pelo presidente da FIFA, Gianni Infantino.

O projeto do árbitro de vídeo é brasileiro e foi criado por Manoel Serapião, com o apoio da Comissão de Arbitragem da CBF e da Escola Nacional de Arbitragem de Futebol (ENAF). Sua aprovação pela FIFA representa uma nova era para o futebol, com o uso da tecnologia para árbitros, ajudando a aumentar a integridade e a justiça no jogo.

Antes de tomar sua decisão, os membros do IFAB receberam os resultados da análise independente do uso do VAR, realizada pela universidade belga KU Leuven desde o início de 2016. A filosofia do árbitro de vídeo é "interferência mínima, benefício máximo" e visa à redução da injustiça causada por "erros claros e óbvios" nas seguintes situações:

Gol / Não gol
Penalidade / Sem penalidade
Cartão vermelho direto
Identificação equivocada

Os princípios de um Programa de Assistência e Aprovação de Implementação de VAR (IAAP), supervisionados pelo IFAB em conjunto com a FIFA, também foram aprovados para assegurar consistência e qualidade nas competições que desejam usar o recurso. Foi aprovado um manual preliminar, contendo protocolo, princípios e requisitos obrigatórios para permitir o rigoroso processo de aprovação obrigatória.

PATROCINADORES

Telefone: (51) 3214-6000

Telefone: (51) 3214-6000