Debate
50 anos do Dia Nacional da Consciência Negra é tema de evento na FGF

16 NOV 2021 19:21


Federação Gaúcha de Futebol - FGF promoveu, na tarde desta terça-feira (16), evento sobre o “Cinquentenário de 20 de novembro: Dia Nacional da Consciência Negra”. Realizado pela Frente Negra Gaúcha – FNG, a série de painéis e debates ocorreu no auditório da FGF.

O encontro teve por objetivo oportunizar um momento de debate e reflexão a respeito do papel do negro e sua contribuição para a transformação social do Brasil, sua participação na história do Futebol Gaúcho e a persistente presença do racismo no futebol.

O presidente da Federação Gaúcha de Futebol, Luciano Hocsman, agradeceu a presença de todos no evento, das autoridades e da parceria com a Frente Negra Gaúcha:

- Ao mesmo tempo que fico alegre em receber todos aqui, me entristece como cidadão e ser humano termos que abordar situações de racismo em pleno 2021.

Em sua fala na abertura do evento, Hocsman ressaltou ainda que, durante sua gestão, as questões raciais serão combatidas e debatidas dentro e fora dos gramados.

De acordo com o presidente da FNG, João Carlos Almeida dos Santos, eventos como este são importantes para o combate ao racismo no esporte:

- Estarmos aqui nesse espaço, com o apoio do presidente Luciano, é muito importante. A participação de entidades como a Federação nesse combate é fundamental.

Santos destacou também que "a luta antirracista tem a participação dos não negros" e que o "20 de novembro não é uma data comemorativa".

Confira os temas dos três painéis do evento:

"O panorama histórico da participação do negro na sociedade brasileira", com o Dr. Antônio Carlos Cortês, advogado, escritor e cofundador do Grupo Palmares, e a Dra. Gisele Müller Monteiro, promotora de Justiça, coordenadora do Centro de Apoio Operacional dos Direitos Humanos, da Saúde e da Proteção Social;

"Inserção do negro na história do futebol gaúcho", com o Dr. José Antônio dos Santos, autor do livro "A Liga da Canela Preta", e o diretor da FNG, Luís Carlos Souza dos Santos;

"Presença do racismo no futebol, suas manifestações, consequências e combates", com Dra. Sandra de Deus, professora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), e Del. Andrea Mattos, Delegada da Delegacia Especializada de Combate a Intolerância.

Assista à íntegra do evento aqui

Texto por Angelo Pieretti, com a supervisão de Christiane Matos