Gauchão 2022
Brasil-Pel e Grêmio empatam na abertura da segunda rodada do Gauchão

29 JAN 2022 18:40


Em partida equilibrada, Brasil-Pel e Grêmio ficam no empate. Créditos: Victor Lanner/Grêmio FBPA

Na abertura da segunda rodada do Gauchão 2022, Brasil-Pel e Grêmio empataram em 1 a 1, na tarde deste sábado (29), no Estádio Bento Freitas, em Pelotas. A rede balançou no segundo tempo. Elias abriu o placar para o Tricolor, de pênalti, e Paulo Victor deixou tudo igual para o Xavante já perto do fim do duelo. 

CONFIRA A TABELA DA COMPETIÇÃO

Com o resultado, o Brasil coleciona o segundo empate na competição, enquanto o Grêmio chega aos quatro pontos em duas partidas disputadas com os garotos do elenco de transição. Na terceira rodada, as duas equipes jogam em casa na quarta-feira (02). O Grêmio enfrenta o São José, às 16h30, em Porto Alegre. O Brasil-Pel recebe o Guarany, às 21h30, em Pelotas.

O JOGO

A etapa inicial foi marcada pelo equilíbrio entre as equipes. A primeira chegada com perigo ao ataque aconteceu aos 32 minutos, quando o gremista Vini Paulista cortou para dentro e chutou com força, sobre a meta rival. O Xavante tentou dar o troco e quase abriu o placar em cobrança de falta. Jhonata Varela tentou cortar o cruzamento e, por pouco, não jogou contra o próprio gol. Nos acréscimos, mais Brasil: Gabriel Araújo finalizou de fora da área e Felipe Scheibig fez a defesa.

O jogo melhorou no segundo tempo. Logo no primeiro minuto, Elias saiu cara a cara com o goleiro Marcelo, que cometeu pênalti. O camisa 9 gremista converteu a penalidade, abrindo o placar e marcando seu terceiro gol no Gauchão.

Aos 10 minutos, o Brasil teve uma grande chance de empatar. Luizinho cruzou e Marllon, dentro da pequena área, cabeceou no travessão. O Grêmio acumulou oportunidades para ampliar. A melhor delas foi em contra-ataque pelo lado esquerdo. Vini Paulista invadiu a área e chutou na trave, aos 13 minutos. Na reta final de partida, os donos da casa passaram a pressionar cada vez mais, até que encontraram a igualdade. Paulo Victor pegou a sobra após confusão na área e estufou as redes: 1 a 1, aos 40 minutos.

Texto por Angelo Pieretti, com supervisão de Lucas Rizzatti