TROFÉU DIRCEU DE CASTRO
Brasil-Far vira vice-líder, Bagé mantém embalo e Riopardense vence a primeira

14 OUT 2021 21:48


Brasil de Farroupilha assume a vice-liderança do Grupo A - Crédito: Matheus Pé / FGF

A quinta rodada da Copa FGF - Troféu Dirceu de Castro prosseguiu com mais três jogos nesta quinta-feira (14). O Brasil de Farroupilha venceu o Atlético Carazinho e deu um salto na tabela, assumindo a vice-liderança do Grupo A.

Confira a tabela da Copa FGF
Veja os jogos pela FGF TV

As outras duas partidas foram válidas pelo Grupo C. O Bagé bateu o 12 Horas fora de casa e emplacou o segundo triunfo consecutivo. O Riopardense superou o Rio Grande e comemorou a sua primeira vitória na competição.

Confira mais detalhes dos jogos:

Brasil-Far 4 x 1 Atlético Carazinho -
Mesmo jogando fora de casa, nas Castanheiras, em Farroupilha, o Atlético Carazinho começou atacando e até colocou bola na trave, em finalização de João. Mas, aos poucos, o Brasil fez valor o fator local e se impôs. Aos 11, Wesley abriu o placar, de cabeça. Aos 41, Pedro ampliou em chute forte. E, aos 45 do primeiro tempo, surgiu o terceiro gol, com Lucio completando a jogada na área. Aos 12 do segundo, o Atlético descontou em pênalti cobrado por Anderson. Nos acréscimos, Ítalo chutou de longe e marcou um belo gol para fechar a vitória do Brasil.



Riopardense 2 x 0 Rio Grande - Em um primeiro tempo equilibrado, a primeira grande chance de marcar saiu aos 18 minutos para o Riopardense. Paquetá ganhou dividida do defensor, mas o goleiro evitou. A principal oportunidade do Rio Grande foi pelos pés de Hiago. Aos 35 minutos, ele dominou livre dentro da área e chutou para fora. Na etapa complementar, a partida continuou equilibrada e a bola parada fez a diferença. Luiz Gustavo cobrou falta com estilo, rasteiro por baixo da barreira e abriu o placar para o Riopardense, aos 37. Já nos acréscimos, depois da cobrança de escanteio, a bola sobrou para Victor, que cabeceou na saída do goleiro.



12 horas 0 x 3 Bagé - No Arthur Mesquita Dias, em Sapucaia do Sul, o Bagé pressionou mais e abriu o placar com Cris Magno. Aos 11 minutos, o atacante recebeu lançamento e na saída do goleiro colocou para as redes. O Jalde-Negro seguiu pressionando e, aos 47 minutos, após cobrança de escanteio, Gullith subiu mais alto que a defesa para cabecear e fazer 2 a 0. No segundo tempo, o Bagé não desistiu de fazer o terceiro gol e seguiu pressionando os donos da casa. Aos 37 minutos, Negueba que havia acabado de entrar, recebeu passe dentro da área depois da cobrança de escanteio e, com tranquilidade, colocou para as redes para fazer o terceiro gol da partida e fechar o placar.


*Colaboraram Angelo Pieretti e Lilian Mendes