Homenagem
FGF entrega ao 14 de Julho troféu do título honorífico do Gauchão de 1918

12 ABR 2022 16:10


Representantes do 14 de Julho recebem homenagem - Crédito: Silvia Macedo


O presidente da Federação Gaúcha de Futebol - FGF, Luciano Hocsman, entregou o troféu do título honorífico do Gauchão de 1918 à diretoria do Esporte Clube 14 de Julho. A entrega aos representantes do clube foi realizada em encontro na sede da Federação, na tarde da última segunda-feira (11).

Estiveram presentes na homenagem Manoel Severo e Luis Fernando Martins, representantes da empresa gestora do futebol do 14 de Julho, o apoiador Kamal Badra, o secretário-geral da FGF, Mauro Rocha, e o diretor jurídico da FGF, Carlos Schneider.

- O gesto é muito importante para premiar a historia do clube e também representa muito para a comunidade de Santana do Livramento. Hoje, temos a diretoria comandanda pelo presidente Jonnie Giorgetta e o diretor de futebol Adriano Trindade e estamos em um processo de reestruturação através das categorias de base, para que, em breve, possamos voltar a trilhar um caminho de vitórias - destacou Luis Fernando Martins.

Como parte das celebrações do aniversário de 120 anos em 2022, o 14 de Julho irá realizar um evento em Santana do Livramento para comemorar o recebimento do troféu, com jogos da escola de futebol e a presença de ex-atletas do clube.

O Cruzeiro e o Brasil de Pelotas também receberam a homenagem. Isso porque, em 1918, seria realizado o primeiro Campeonato Gaúcho. Os três clubes disputariam um triangular final depois de saírem vencedores de suas respectivas fases regionalizadas. No entanto, uma epidemia de gripe espanhola atingiu o Estado do Rio Grande do Sul e levou ao cancelamento da competição antes de seu início.

A decisão de conferir essa homenagem aos clubes se deu após reunião da diretoria da FGF, que deliberou a respeito de um pedido feito pelos clubes.

- Hoje nós entendemos um pouco melhor as dificuldades que eles passaram. É um reconhecimento justo ao 14 de Julho, em razão da impossibilidade de término da competição e uma forma de homenagear os profissionais e dirigentes daquela época - explica o presidente da FGF, Luciano Hocsman.

O troféu traz o desenho do escudo da entidade à época, quando ainda se chamava Federação Rio-Grandense de Desportos. Em 1919, depois do fim da epidemia, foi possível realizar a primeira edição do Campeonato Gaúcho, que acabou conquistada pelo Brasil-Pel.

O título honorífico se trata de uma homenagem aos clubes e não se aplica aos mesmos o título oficial de campeão estadual daquele ano.