Reunião
Presidente da FGF se reúne com comandante do CPC sobre episódio de torcedor do Brasil-Pel que está hospitalizado

05 MAI 2022 17:42

Luciano Hocsman e Cel. Elvio Pires reuniram-se com o Cel. Nunes no CPC | Crédito: Christiane Matos/FGF

O presidente da Federação Gaúcha de Futebol - FGF, Luciano Hocsman, e o chefe de segurança da FGF, Cel. Elvio Pires, estiveram na tarde desta quinta-feira (5) no Comando de Policiamento da Capital - CPC reunidos com o comandante, Cel. Nunes, para tratar do caso do torcedor do Brasil-Pel, internado em estado grave na UTI do Hospital Cristo Redentor, em Porto Alegre. O torcedor foi retirado por dois policiais da Brigada Militar de um ônibus de excursão que estava próximo ao Estádio Francisco Novelletto Neto e retornaria para Pelotas, após acompanhar o jogo contra o São José, pela Série C do Brasileirão, no domingo (1º). A partida ficou marcada por um confronto entre os torcedores na arquibancada sul após o apito final do árbitro, que resultou em 12 pessoas presas e três hospitalizadas. 


– A certeza do que realmente aconteceu nós só teremos ao final do inquérito. Estamos colhendo depoimentos e precisamos aguardar. Se houve alguma conduta errada por parte dos servidores da BM nós vamos, dentro da lei, tomar as medidas cabíveis - afirmou o Cel Nunes.


No encontro, o presidente da FGF, Luciano Hocsman, reforçou sua confiança na Brigada Militar e na apuração do ocorrido:


 – Precisamos aguardar o final do inquérito para ter certeza do que aconteceu. Já venho falando há algum tempo que nosso desafio é atacar a causa dos episódios de violência na nossa sociedade. E punir, de forma efetiva, os responsáveis.