Presidente Luciano recebe árbitro e assistente gaúchos do quadro FIFA 2020

07 FEV 2020 15:26:55

Crédito: Pedro Trindade / FGF

Um encontro padrão FIFA. O presidente da Federação Gaúcha de Futebol, Luciano Hocsman, recebeu convidados ilustres nesta sexta-feira (7). Estiveram na sede da FGF o árbitro Anderson Daronco e o assistente Rafael da Silva Alves. Os dois integram o quadro gaúcho e receberam, no início da semana, a insígnia da FIFA para 2020 — honraria máxima na arbitragem.

Além de Daronco e Rafael, outros 28 profissionais (veja a lista completa abaixo) foram agraciados com a distinção entregue por Leonardo Gaciba, presidente da Comissão de Arbitragem da Confederação Brasileira de Futebol e igualmente gaúcho. A cerimônia ocorreu na sede da CBF, no Rio de Janeiro.

Desde 1999 no quadro oficial de árbitros gaúchos, Daronco se sente “em casa” ao visitar a sede da FGF. Na avaliação do juiz, a manutenção do escudo FIFA é uma conquista compartilhada com a Federação.

 “É um reconhecimento ao nosso trabalho e um reconhecimento nosso com a federação formadora. Estar aqui, hoje, para esse momento de entrega de escudos, nos envaidece. Nos enche de orgulho e satisfação estar com as pessoas que sempre acreditaram em nós. A gente tem que olhar e fazer sempre esse agradecimento para a FGF, que foi quem depositou as primeiras fichas e quem sempre nos apoiou. É bom a gente estar em casa, a Federação é a nossa casa”.

Sintonia dentro e fora de campo. O discurso de Daronco está alinhado ao de Rafael, que passará a ter, a partir deste ano, o privilégio de ostentar a insígnia da Federação Internacional de Futebol pela primeira vez.

“É o reconhecimento de um trabalho que vem sendo realizado pela Federação Gaúcha desde 2006, quando me formei árbitro. Vem coroar um planejamento e um esforço que me possibilitaram ingressar no quadro internacional. Antes disso, eu tive muitas oportunidades em jogos pela Federação Gaúcha, como Gre-Nais, que me deram a experiência para que eu pudesse chegar nesse estágio. É muito importante salientar todo planejamento de carreira que eu tive pela Comissão (Estadual de Árbitros de Futebol), chefiada pelo presidente Luiz Fernando Gomes Moreira, que em 2006 me deu todas possibilidades para que eu me desenvolvesse”.

O escudo FIFA permite aos árbitros e assistentes representar o Brasil em jogos internacionais ao longo da temporada. A conquista é obtida mediante criteriosa avaliação do desempenho no ano anterior. O quadro de 2020 é formado por 20 árbitros (10 principais e 10 assistentes) e 10 árbitras (cinco principais e cinco assistentes).

Quadro de árbitros brasileiro da FIFA 2020:

- Alessandro Rocha Matos (BA)
- Anderson Daronco (RS)
- Bárbara Roberta da Costa Loiola (PA)
- Bráulio da Silva Machado (SC)
- Bruno Arleu de Araújo (RJ)
- Bruno Boschilia (PR)
- Bruno Raphael Pires (GO)
- Charly Wendy Straud Deretti (SC)
- Danilo Ricardo Simon Manis (SP)
- Deborah Cecília Cruz Correia (PE)
- Edina Alves Batista (SP)
- Fabricio Vilarinho da Silva (GO)
- Fabrini Bevilaqua Costa (SP)
- Fernanda Nândrea Gomes Antunes (MG)
- Flavio Rodrigues de Souza (SP)
- Guilherme Dias Camilo (MG)
- Kleber Lucio Gil (SC)
- Leila Naiara Moreira da Cruz (DF)
- Luiz Flavio de Oliveira (SP)
- Marcelo Carvalho Van Gasse (SP)
- Neuza Ines Back (SP)
- Rafael da Silva Alves (RS)
- Rafael Traci (SC)
- Raphael Claus (SP)
- Rejane Caetano da Silva (RJ)
- Rodolpho Toski Marques (PR)
- Rodrigo Henrique Correia (RJ)
- Thayslane de Melo Costa (SE)
- Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
- Wilton Pereira Sampaio (GO)